Galinhos Notícias
A notícia de forma clara e acessível

A pergunta do ano é: Por onde anda o prefeito???


   Após ter sido condenado em primeiro grau com a cassação do diploma de prefeito, além de penalidades de multa de R$ 10 mil e inelegibilidade por oito anos o prefeito Fábio Rodrigues "DESAPARECE" da cidade, deixando-a abandonada, e aos poucos os efeitos do desgoverno de Galinhos vem sendo notícia por todos os lados. 

Só pra refrescar a memória: O legado que Fábio Rodrigues está deixando para a cidade é totalmente desastroso, já não bastavam as acusações de compra de votos, exonerações e contratações para garantir as eleições, existem também os escândalos com licitações com valores exorbitantes relacionadas a frota de carro e material de expediente, desmoronamento de construção realizada com verba pública, atropelamento na praia, perseguição política, desapropriamento de casas de moradores nativos da cidade.

Fora tudo isso, ainda existem rumores de áudios comprometedores em que o prefeito e a primeira dama, soltam o verbo abrindo o jogo dos esquemas políticos para ganhar as eleições, e acusando um membro do alto escalão judiciário de corrupto, além de afirmar que esse "tal" membro teria recebido R$ 120.000,00 (Cento e Vinte Mil Reais) pra fazer o "CERTO".



Uma atitude desesperada

Em atitude desesperada para tentar se segurar o máximo de tempo no mandato, o prefeito de Galinhos Fábio Rodrigues após ter sido condenado em primeiro grau, através de seus advogados entrou com embargos declaratórios (A expressão embargos de declaração ou embargos declaratórios refere-se a um instrumento jurídico (recurso) pelo qual uma das partes de um processo judicial pede ao juiz (ou tribunal) que esclareça determinado(s) aspecto(s) de uma decisão proferida quando há alguma dúvida, omissão, contradição ou obscuridade nesta).

Agora eu me pergunto: Que tipo de dúvida ele teve na sentença? Se a mesma é tão bem feita de forma clara e concisa pela excelentíssima Senhora Juíza de Direito Cristiany Maria de Vasconcelos Batista!

 Ela deixa claro todos os pontos que foram discutidos durante o processo, e fundamenta toda a sua decisão baseada nos fatos que lhe foram apresentados. 

O que acontece nesse momento na verdade, é apenas uma manobra legal com a utilização dos prazos e recursos judiciais ao favor do prefeito, para que de uma forma desesperada ele consiga ainda por mais algumas semanas ocupar a cadeira de prefeito, ou melhor dizendo: "ocupar o CARGO porque a cadeira já deve estar empoeirada por motivo da ausência do gestor na cidade"!

Acompanhe o processo e faça a leitura da sentença neste link abaixo:

http://inter03.tse.jus.br/sadpPush/ExibirPartesProcessoZona.do

 


Prefeito de Galinhos tem mandato Cassado em 1° grau

   A juíza Cristiany Maria de Vasconcelos Batista determinou a cassação dos mandatos do prefeito e do vice-prefeito da cidade de Galinhos, no interior do Rio Grande do Norte. A justificativa é de que os dois cometeram crimes de abuso de poder econômico e político. Apesar da ordem, o prefeito, Fábio Rodrigues (PRB), e o vice, Afrânio Reis (PR), permanecem nos cargos até que o Tribunal Regional Eleitoral se posicione sobre o caso.

Na sentença, a magistrada determina ainda que sejam realizadas novas eleições municipais em Galinhos, para escolha de representantes para o Poder Executivo em substituição à chapa eventualmente cassada.

A assessoria de comunicação da Prefeitura de Galinhos diz que, como a decisão é em primeira instância, os dois podem recorrer ainda no cargo. "E o farão, certos de quem obterão o direito de permanecer a frente da gestão municipal", diz a nota encaminhada à imprensa.

A ordem da juíza Cristiany Batista, da 30ª Zona Eleitoral, foi acrescida ao Diário Oficial da JE do Rio Grande do Norte com data desta quinta-feira (21), contudo o documento, disponível no site, tem data de publicação de segunda (25).

Segundo decidiu a magistrada, os dois foram condenados por se comprovarem a nomeação de 186 servidores comissionados em ano eleitoral e exoneração de 84 servidores comissionados após a eleição, caracterizando abuso de poder político; o uso da máquina administrativa em benefício da candidatura dos representados pelo prefeito; compra de votos com cheques da prefeitura; a oferta pelo prefeito de cargo e salário em troca de voto.

Cristiany Batista, em seu posicionamento, determina a cassação dos diplomas do prefeito e do vice-prefeito, além de penalidades de multa de R$ 10 mil e inelegibilidade por oito anos aplicadas somente ao prefeito Fábio Rodrigues. A juíza ordena ainda a realização de novas eleições.

https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/juiza-determina-cassacao-de-prefeito-e-vice-de-galinhos-rn.ghtml

Galinhos: Idosa não consegue se aposentar por falta de documentos da prefeitura.

A filha da idosa Giselda "Geane Patriota" procurou o blog Galinhos Online para relatar o que a Prefeitura Municipal vem fazendo com a sua mãe.

Ela relata a situação que é de partir do coração, diante do descaso por parte do poder público, quando deveria resolver o problema e faz o contrário, se omite.

Dona Goselda, como é mais conhecida na ilha, faz tratamento de hemodiálise, e tem deficiência visual. Há muito tempo tenta se aposentar, mas por falta de documentos que a prefeitura alega ter sumido, a aposentadoria a ela foi negada por duas vezes pela perícia do INSS.

Decorrente da situação que só se agrava a cada dia, Dona Giselda não tem condições alguma de trabalhar, e como resultado, o prefeito Fábio Rodrigues, cortou o salário dela.

Quem mora e reside em Galinhos é testemunha da situação em que se encontra esta cidadã. O prefeito motivado pelo ódio usa sua força politica para perseguir politicamente seus adversários.

Dona Giselda é tia do atual presidente da câmara de vereadores, Francinaldo Silva, que é oposição ao atual prefeito. Diante deste fato se explica tamanha maldade por parte do prefeito.

Diante das dificuldades de sobrevivência por falta do salário que ganha como ASG, sua filha foi até a sede da prefeitura saber as razões do corte, e acreditem se quiser... Ela foi colocada pra fora da própria prefeitura pela contadora.

http://www.guamareemdia.com/galinhos-idosa-nao-consegue-se-aposentar-por-falta-de-documentos-da-prefeitura/

Mulher é atropelada por caminhonete enquanto tomava sol na beira da praia em Galinhos, RN


   Uma mulher de 49 anos foi atropelada e arrastada por uma caminhonete enquanto tomava sol na beira da praia de Galinhos, no litoral norte potiguar. O caso aconteceu na manhã deste domingo (20/08/2017). De acordo com a família da vítima, o motorista não percebeu o atropelamento e só parou o carro ao ser alertado pelos banhistas, metros depois.

   A diarista Rose Damiana Gomes da Silva foi socorrida para Natal com fêmur e clavícula quebrados, além de vários hematomas e um corte profundo na cabeça. Ela está em um dos corredores do Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, ainda na maca da ambulância que a transportou de Galinhos para Natal.

   Segundo o cunhado de Rose, Francinaldo Nascimento da Silva, de 52 anos, ela tem o costume de ir ao município nos finais de semana com familiares e amigos. A família é de Macau, município da mesma região, mas mora há anos na Zona Norte de Natal.

   Neste final de semana, o encontro tinha sido com amigos. "Ela foi para uma festa no sábado e ficou até o domingo, para aproveitar a praia", conta ele.

   A mulher tomava banho de sol deitada na areia, por volta das 10h, quando "uma caminhonete surgiu do nada", segundo o cunhado, e passou por cima dela. O motorista parou o carro metros depois, ao ser alertado do atropelamento. Ele teria ficado sem reação.

   Socorrida para o Hospital Walfredo Gurgel, Rose Damiana Gomes da Silva permanece em maca no corredor (Foto: Divulgação/ família)

   Os próprios banhistas e outras pessoas que estavam na praia tiraram a mulher que estava debaixo do carro. "Várias pessoas se juntaram e levantaram o carro para ajudar", conta Francinaldo. Eles também levaram a mulher até um posto de saúde, de onde saiu com destino a Natal.

   De acordo com familiares, a esposa do motorista entrou em contato com a família com a promessa de providenciar ajuda, mas até agora nada teria sido resolvido.

   Galinhos é conhecida por ser uma península com praias paradisíacas, mangues, rio, recifes, dunas, salinas, localizada a 166 quilômetros da capital potiguar. Entre outros atrativos, existem passeios de barco e prática de esportes.

Tráfego proibido

   De acordo com o Detran do Rio Grande do Norte, o tráfego de veículos é proibido na faixa de areia e pode ser punido com multa gravíssima. De acordo com o órgão, a fiscalização é responsabilidade do próprio Detran, bem como do município. A instituição afirmou que existem equipes de fiscalização, porém elas cobrem 200 quilômetros de litoral, não sendo possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo.

   Em nota, a Prefeitura de Galinhos afirmou que o município vai ampliar a fiscalização da área e sinalizar toda a orla, com alertas aos motoristas e banhistas. Ainda segundo a prefeitura, não há lei municipal que proíba o tráfego, mas estuda fazer essa proibição.

   A prefeitura lamentou a ocorrência do domingo (20), disse que prestou atendimento no posto de saúde e que continuará dando assistência à vítima 'acompanhando a paciente junto ao Governo do Estado'.

https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/mulher-e-atropelada-por-caminhonete-enquanto-tomava-sol-na-beira-da-praia-em-galinhos-rn.ghtml

Caso de polícia na prefeitura de Galinhos

- O escândalo que vamos relatar agora, deve ser investigado pelos Ministérios Públicos Federal e Estadual,além do Tribunal de Contas do Estado, pois é um verdadeiro caso de polícia o desvio de recursos financeiros da Prefeitura Municipal de Galinhos - RN, patrocinado pelo prefeito Fábio Rodrigues de Araujo.
- A empresa A M da S Gurgel Service - ME, que fica localizada na Rua Tenente Vitor Lourenço - 42, Nova Parnamirim - Parnamirim - RN, que tem como proprietário Angelo Marcos da Silva Gurgel, que firmou contrato no valor de R$ 1.317.120,00, na locação de veículos para a Prefeitura de Galinhos. Se existe uma coisa que não faz falta nessa linda cidade praiana é carros, pois não tem para onde se deslocar.
- O desvio de verbas públicas praticado pelo prefeito Fábio Rodrigues, ficou ainda mais evidente, quando ele contratou a firma APFORM - Industria e Comércio de Móveis Ltda, com sede no Distrito Industrial, em Macaiba - Rn, pela fabulosa quantia de R$ 1.8005.350,00, na aquisição de mobiliário escolar e creche da Prefeitura,
- Vale ressaltar que o Município de Galinhos, tem apenas três escolas e uma creche e jamais comportaria tamanho investimento mobiliário. Aliás com essa cifra astronômica, o prefeito Fábio Rodrigues mobiliaria todos os imóveis da cidade e ainda sobraria muita grana para outros atos ilícitos.
- Conforme consta no Portal da Transparência do Governo Federal, a empresa APFORM, encontra-se inidônea no Estado de Pernambuco, em decorrência de ato publicado no Diário Oficial do Estado, no dia 14 de janeiro de 2017, através de extrato de penalidade da Secretaria de Educação, que a impede de licitar e contratar com a administração Estadual

http://www.robsonpiresxerife.com/notas/caso-de-policia-na-prefeitura-de-galinhos/



ESCÂNDALO: Áudios revelam esquema que pode custar mandatos do prefeito e vice em Galinhos


  • Um escândalo causado pela circulação de áudios comprometedores compartilhados em redes sociais, no dia de ontem, domingo (21), poderá levar a cassação dos mandatos do prefeito e do vice-prefeito do município de Galinhos/RN, por abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio, supostamente praticados nas eleições municipais 2016.

Em um dos áudios, a primeira dama do município, sra. Aracelly Rodrigues, cita valores que teriam sido doados pelo hoje prefeito Fábio Rodrigues (PRB), a candidatos a vereadores da Coligação Galinhos em Primeiro Lugar. Os recursos não teriam sido declarados à justiça Eleitoral.

As confissões da primeira dama vão além e citam caixa 2, combustível para eleitores, compra de votos e etc. É um escândalo político sem precedentes na cidade.

A maior polêmica no áudio envolve uma pessoa que segundo a primeira dama, teria recebido R$ 120 mil pra "fazer o certo". Em um trecho Aracelly Rodrigues fala "É f*** a pessoa ainda ter que pagar R$ 120 mil pra um filho da p*** desse fazer o certo".

Os áudios vazados são objetos de investigação da Justiça Eleitoral e deixaram a população de Galinhos chocada. 

http://redenews360.com.br/2017/05/escandalo-audios-revelam-esquema-que-pode-custar-mandatos-do-prefeito-e-vice-em-galinhos/